Policial salva bebê que foi abandonado na delegacia, alimentando-o com seu próprio leite.

Entenda a história da policial que se tornou uma grande heroína.

Uma história de amor e compaixão comoveu muitas pessoas em todo mundo. Tudo aconteceu numa cidade chamada Esquel, na Argentina. Uma policial chamada Mônica Quijón, estava trabalhando normalmente na delegacia. Tudo estava tranquilo, na mesma rotina de sempre. Eis que a policial começou a ouvir barulhos estranhos que aparentavam ser o choro de um bebê. Ela ficou bastante intrigada com a situação e resolveu acompanhar o barulho para ver se precisava ajudar o responsável pela criança.

Quando chegou perto da entrada da delegacia, avistou um casal com um bebê recém-nascido no colo. A criança parecia desesperada, então ela resolveu ir até o casal para saber qual o problema que afetava o recém-nascido. A grande surpresa foi quando o casal começou a contar a terrível história: revelaram que haviam achado a criança abandonada na rua, próximo à delegacia, então resolveram levá-la até lá para que alguma providência pudesse ser tomada.

O casal deixou o bebê com a policial que prestou a queixa. Mônica que tinha sido mãe há pouco tempo, percebeu que todo o desespero da criança era que na verdade ele estava com muita fome. A única alternativa que ela tomou, salvou a vida do recém-nascido. A policial resolveu amamentá-lo com seu próprio leite materno, assim, a criança parou de chorar devido à ausência da fome.

Em relatório oficial de boletim de ocorrência, Mônica Quijón escreveu o fato. Acusou a chegada da criança com um casal de irmãos, os quais haviam encontrado a criança perto do local. Ela também resolveu colocar no relatório a sua reação em relação à fome do bebê. A oficial da polícia foi parabenizada por todos os colegas de trabalho e também pelos cidadãos da cidade e do mundo. Muitos escreveram sobre o caso das redes sociais, destacando a compaixão que a mulher teve em ajudar a pobre criança.

Com essas atitudes, ainda podemos acreditar em um mundo melhor!

 

Fonte: Best of Web


LEIA TAMBÉM
loading...

Comentários

Compartilhar