Cirurgião gasta 180 mil reais do seu próprio dinheiro para deixar mulheres com um rosto perfeito.

Mulheres do Paquistão foram atacadas com ácido, mas cirurgião gasta 180 mil reais de seu próprio dinheiro para que elas tenham seus rostos bonitos novamente.

Asim Shahmalak é um cirurgião de 56 anos, que vive no Reino Unido, e é muito conhecido pelos seus trabalhos em famosos.

Esse cirurgião lutou para conseguir título e construir uma boa carreira. Mas não pense que ele só atende pessoas da alta sociedade, pessoas com fama, mas sim um atendimento para todos.

No Paquistão há muitas vítimas de ataque a ácido, então Shahmalak resolveu se empenhar por conta própria em ajudar essas mulheres a reconstruir sua face , foi investido o seu dinheiro e o seu trabalho nisso.

O cirurgião gastou mais de 180 mil reais investindo para ajudar aquelas mulheres

Teve um caso que foi muito marcante para ele, o caso da jovem mãe, Sidra Kanwal, que foi atacada com ácido só por ter recusado um pedido de casamento.

O rosto da mulher ficou tão feio e desfigurado que seu próprio filho, um menino de 3 anos, se afastou da mãe porque a sua aparência o deixava assustado.

O cirurgião estava muito emocionado com a história de todas aquelas moças e desabafou: ” O governo do Paquistão nunca ajudou nenhuma dessas mulheres, e por isso perderam a esperança. Agora nós somos a sua esperança. Essas mulheres nem mesmo são aceitas pela sociedade por causa da aparência. Foram recusadas por todos, algumas passam até fome.”

O cirurgião ficou muito feliz em poder ajudar aquelas mulheres, pois não estava apenas devolvendo um rosto para elas, estava devolvendo a vida daquelas mulheres, porque para muitos elas estavam mortas.

Vale ressaltar que Shahmalak não faz serviços humanitários, ele só estava ajudando as vítimas atacadas com ácido. E além de ajudar aquelas mulheres ele também dava treinamentos para outros cirurgiões para que também pudessem fazer a diferença ajudando aquelas mulheres.

História incrível e com uma atitude inspiradora, não é mesmo ?


LEIA TAMBÉM
loading...

Comentários

Compartilhar